Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai fazer novos ajustes na regulamentação dos Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE), modalidade de investimento que ainda não decolou no país.

A autarquia colocou hoje em audiência pública uma norma que altera alguns pontos da Instrução nº 209, que regula este tipo de fundo.

Segundo a CVM, a idéia é harmonizar a regra dos FMIEEs com aquela dos Fundos de Investimento em Participação (FIPs).

A minuta prevê duas alterações. Permitir o uso de derivativos com o objetivo de proteger a carteira do fundo e considerar, como encargos do fundo, despesas com consultorias especializadas.

Os agentes que quiserem participar da audiência pública têm até o dia 10 de outubro para se manifestar.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.