Tamanho do texto

Indicador caiu 1,6% em termos reais na comparação mensal

As vendas no varejo alemão caíram inesperadamente em janeiro, mostraram dados preliminares nesta sexta-feira, na medida em que um inverno ameno reprimiu os gastos na maior economia da Europa.

O indicador notoriamente volátil caiu 1,6% em termos reais na comparação mensal, segundo dados da Agência Federal de Estatísticas, ficando aquém dos ganhos 0,5% em uma pesquisa da Reuters com 19 economistas.

Mas o indicador subiu 1,6% em base anual em termos reais, bem acima da previsão de 0,2%.

"Os resultados de janeiro são uma decepção. Na temperatura amena muito menos roupa de inverno e artigos esportivos de inverno foram vendidos", disse o economista da HSBC Trinkaus Rainer Sartoris.

"Mas o consumo pode melhorar durante o ano. O mercado de trabalho está bom e parece que os salários poderiam aumentar significativamente", afirmou.

A Agência de Estatísticas revisou para cima as vendas no varejo em dezembro, para uma alta de 0,1%, de uma diminuição de 1,4% informada anteriormente. Em base anual, as vendas também foram revisadas para cima, para um ganho de 0,3%, de uma queda de 0,9%.

(Reportagem de Alice Baghdjian, reportagem adicional de Alexandra Hudson)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.