Tamanho do texto

Empréstimos de 495 milhões de euros é suspenso pela entidade

Os ministros de Finanças da União Europeia decidiram nesta terça-feira apoiar a proposta da Comissão Europeia de sancionar à Hungria por déficit excessivo com a suspensão da entrega de 495 milhões de euros de seus recursos de coesão a partir de 1º de janeiro de 2013, confirmaram à Agência Efe fontes comunitárias.

O Ecofin apoiou pedir à Hungria que faça esforço adicional de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano para completar o objetivo de 2,5% em 2012, pelas mesmas fontes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.