Tamanho do texto

Índice de atividade em fábricas fica abaixo das previsões e gera preocupações sobre a resiliência alemã à crise da zona do euro

O setor industrial da Alemanha encolheu pela primeira vez neste ano em março, na esteira da queda de novas encomendas, levantando preocupações sobre sua resiliência à crise da zona do euro e encobrindo o otimismo com a aprovação do pacote de resgate da Grécia.

O Índice industrial de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do instituto Markit caiu para 48,1, de 50,2 no mês anterior, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira, ficando aquém das previsões de 51,0 e descendo para baixo da marca de 50 que separa contração e expansão.

É a menor leitura desde os 47,9 de novembro.

Veja também: Atividade industrial da China se enfraquece e assusta mercados

Bolsas da Europa caem com preocupações com China e Alemanha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.