Tamanho do texto

Premiê britânico David Cameron está em Bruxelas para tratar da crise

O primeiro-ministro britânico David Cameron chegou a Bruxelas na quinta-feira decidido a aprovar suas propostas liberais para relançar o crescimento europeu contidas em uma carta endereçada à UE com o apoio de onze outros países.Segundo Sarkozy, "90% dos assuntos evocados na carta" convém para a França e Alemanha.

"Mas de 10% a 15% dos assuntos eu considero impossível", acrescentou durante uma coletiva de imprensa, ressaltando a questão da concorrência."Ainda existe uma tentação liberal e de desregulamentação do outro lado do Canal da Mancha, na qual eu não me reconheço", explicou o presidente francês.

O presidente da UE Herman Van Rompuy, contudo, afirmou que "a maior parte da carta dos doze" foi retomada na declaração final da reunião. "Mas nós a completamos com outros elementos, pois o mercado interno não é o único caminho para reforçar o crescimento e o emprego", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.