Tamanho do texto

Previsão para o ano é de crescimento no PIB de apenas 0,5%

O Instituto Nacional de Estatística italiano (Istat) confirmou nesta segunda-feira os dados preliminares do mês passado nos quais se anunciava que a Itália tinha entrado oficialmente em recessão, quando seu Produto Interno Bruto (PIB) no quarto trimestre de 2011 se contraiu 0,7% em relação ao trimestre anterior.

Se forem comparados dados anualizados, o PIB italiano caiu 0,5% no quarto trimestre de 2011 em relação ao mesmo período do ano anterior.

Desta maneira, a Itália volta a entrar em recessão, da qual tinha saído no segundo trimestre de 2009.

O PIB italiano já tinha caído 0,2% no terceiro trimestre de 2011 (julho a setembro) em relação ao segundo trimestre do mesmo ano, de acordo com os dados do Istat.

O crescimento do PIB em 2011, segundo o Istat, foi de 0,5%, frente a 1,4% registrado em 2010.

A única correção frente ao comunicado anterior foi que as previsões do Istat para 2012 apontam para que, no caso de não se experimentar nenhuma variação conjuntural, o PIB se contrairá 0,5%, enquanto se tinha falado de 0,6% nos dados preliminares.

As estimativas do Governo eram de uma contração em 2012 de 0,4%.

Por outro lado, o Banco da Itália no boletim econômico relativo aos dados de dezembro de 2011, que foi publicado hoje, informou que a dívida italiana em 2011 cresceu 2,98%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.