Tamanho do texto

"Vamos cumprir nossas obrigações porque esta é a única forma pela qual podemos recuperar a credibilidade", diz Vítor Gaspar

Os títulos do governo de Portugal não refletem as condições da economia do país, que não tem intenção de procurar mais ajuda financeira, disse nesta segunda-feira o ministro das Finanças Vítor Gaspar.

"Não pediremos mais tempo. Não pediremos mais dinheiro. Vamos cumprir nossas obrigações porque esta é a única forma pela qual podemos recuperar a credibilidade e a confiança", disse Gaspar em coletiva de imprensa.

Ele descartou qualquer pensamento de que Portugal, que enfrenta a sua pior recessão desde a década de 1970, esteja andando para trás com reduções em seu orçamento e reformas requeridas no âmbito de seu programa de resgate.

A economia de Portugal tem previsão de queda de 3,3% este ano, depois de recuar 1,6% em 2011, e a taxa de desemprego no país está acima de 14%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.