Tamanho do texto

Em Roma e Milão, estudantes tomaram conta das ruas para manifestar contra o tecnocrata Mario Monti

Protesto na Itália
AFP
Protesto na Itália
Enquanto o novo premiê, Mario Monti, faz seu discurso de posse no Senado , milhares de estudantes proteatam nas ruas de Milão e Roma. Inspirados no movimento dos "indignados" da Espanha e dos EUA , as manifestações tem como frases de ordem : "Não vamos pagar pela crise" ; "Ocupamos as ruas" e "Mas que estabilidade?".

Entenda a Crise Econômica Mundial

Segundo jornal italiano, Correio de La Sierra, mais de 2.500 pessoas se juntaram na praça em frente a universidade de Boccioni - instituição a qual Mario Monti é presidente - , em Milão, para protestar contra as medidas de austeridade que o novo governo italiano precisa aprovar para receber a parcela de resgate da UE. Os manifestantes afirmam que Monti fará um governo voltado para os banqueiros. Houve conflito com a polícia quando aqueles que protestavam tentaram chegar mais perto da Associação Bancária Italiana (re-batizada pelos manifestantes de "Associação italiana dos falidos"), mas ninguém ficou ferido ou foi preso. Protestos também acontecem na região da Sicília.

(com agências)

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.