Tamanho do texto

Membro do BCE diz não ter sinal claro sobre fim da crise--jornal

LJUBLIANA, 30 Mar (Reuters) - Ainda não há um sinal claro quanto ao fim da crise da dívida na zona do euro, embora a solução do bloco para a Grécia seja "satisfatória", atribuiu um jornal da Eslovênia ao formulador de políticas do Banco Central Europeu (BCE) Marko Kranjec, que teria enfatizado à publicação que essa declaração representaria uma visão pessoal.

Kranjec, que também é o presidente do banco central da Eslovênia, afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) de seu país vai encolher cerca de 1,2 por cento neste ano, devido a uma redução nos gastos domésticos - uma contração mais profunda do que o 0,9 por cento previsto pelo governo.

O formulador de políticas do BCE pediu cortes no orçamento para distanciar a Eslovênia do caminho trilhado pela Grécia.

Segundo a entrevista à edição de sábado do jornal esloveno Delo, Kranjec disse: "Sou conservador por natureza, e até que eu veja resultados muito robustos eu não terei certeza de que a crise (da dívida na zona do euro) acabou. Os spreads sobre a dívida de todos os Estados periféricos têm caído, mas nós não podemos nunca descartar uma nova infecção".

(Reportagem de Marja Novak)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.