Tamanho do texto

Para presidente do Eurogrupo, ideia de se criar um comissário alemão para controlar orçamento grego "não é aceitável"

O presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, rejeitou energicamente nesta segunda-feira a proposta alemã para que a Grécia ceda o controle de seu orçamento e seja nomeado um comissário com poder de veto para tratar do assunto.

"Faço oposição fortemente à ideia de impor um comissário", disse o primeiro-ministro de Luxemburgo ao chegar na cúpula informal dos chefes de Estado e Governo da União Europeia. "Isso não é aceitável", acrescentou, em referência à proposta feita pela Alemanha em um documento distribuído na semana passada aos Governos da eurozona.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.