Tamanho do texto

Ministro de Finanças grego afirmou que contratos de financiamento devem ser aprovados até esta quinta-feira

A Grécia terá até 172,7 bilhões de euros (aproximadamente R$ 410 bilhões) para suas necessidades de financiamento até 2015, incluindo fundos que sobraram do primeiro pacote de socorro de 2010, um segundo acordo deste ano e empréstimos adicionais do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Leia também:
Grécia precisa anunciar mais austeridade, dizem UE e FMI

Grécia: risco de calote continua alto, diz Moody's

Na véspera, os ministros das finanças da zona do euro deram sua aprovação final a um resgate de 130 bilhões de euros para a Grécia . O país diz ainda ter 34,5 bilhões de euros que sobraram do resgate de 2010 e um adicional de 8,2 bilhões de euros do FMI para 2015, o que é esperado para ser parte de um empréstimo no valor de 28 bilhões de euros (36,7 bilhões de dólares) que o FMI pode dar a Atenas durante um período de quatro anos.

Em um comunicado, o ministro de Finanças grego, Evangelos Venizelos, disse que os contratos de financiamento devem ser aprovados até quinta-feira para acelerar o desembolso do dinheiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.