Tamanho do texto

Contudo, a decisão para conceder efetivamente o resgate será tomada posteriormente

"A Grécia tomou todas as medidas que pedimos, as coisas avançam bem", declarou no final de uma reunião de ministros das Finanças do Eurogrupo em Bruxelas dedicada à situação desse país. Contudo, a decisão para conceder efetivamente o resgate será tomada posteriormente.

Leia também: Milhares de gregos protestam no centro de Atenas contra cortes

A entrega de 130 bilhões de euros em créditos para a Grécia pela Eurozona depende dos resultados do pagamento da dívida, na próxima semana, pelos creedores privados e que alcança 107 bilhões de euros, disse nesta quinta-feira o presidente da Eurozona, Jean-Claude Juncker.

"A Eurozona lembrou que uma bem sucedida troca de dívida com elevada participação (do setor privado) e um relatório final positivo do pacote total de medidas previamente adotadas pela Grécia são condições necessárias para a entrega (...) do segundo pacote de ajuda" para o país, afirmou o primeiro-ministro de Luxemburgo em um comunicado, referindo-se às negociações com os bancos que já dura meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.