Tamanho do texto

Primeiro-ministro explica que eleitores decidirão se o país deve adotar ou não as propostas sugeridas pelos líderes europeus

O governo da Grécia convocará um referendo sobre o novo pacote de ajuda da União Europeia, perguntando aos eleitores se querem adotá-lo ou não, afirmou o primeiro-ministro do país, George Papandreou, nesta segunda-feira.

"Nós confiamos nos cidadãos, nós acreditamos no seu julgamento, nós acreditamos na decisão deles", afirmou ele.

Leia mais :

Apenas Grécia precisará reestruturar dívida, diz instituto

Após acordo da UE, agência estuda elevar nota da Grécia

Segundo o premiê, o governo que saber se os gregos aprovam ou rejeitam as propostas adotadas na reunião. "Caso os gregos não as queiram, elas não serão adotadas", disse.

Na semana passada, o país foi palco de manifestações contra a política de austeridade do governo socialista.

Aproximadamente 60% dos gregos enxergam a cúpula dos líderes europeus na semana passada, quando acertaram um novo pacote de ajuda de 130 bilhões de euros, como negativo ou provavelmente negativo, mostrou uma pesquisa divulgada neste sábado.

Veja também :

Veja as principais decisões da cúpula sobre crise do euro