Tamanho do texto

Meta do déficit para este ano será de 5,8% do PIB, valor maior que o acertado com a União Europeia

O governo espanhol prevê para 2012 uma queda de 1,7% do Produto Interno Bruto (PIB), anunciou nesta sexta-feira a vice-presidente Soraya Sáenz de Santamaría, ao apresentar o quadro macroeconômico e o teto do gasto que servirá de base para os orçamentos gerais de 2012.

"O governo espanhol parte de uma previsão de crescimento negativo de 1,7% para 2012", afirmou Sáenz de Santamaría ao término da sessão semanal do conselho de ministros, depois que o PIB espanhol caiu 0,3% no último trimestre de 2011 e a economia caminha para uma recessão em 2012.

O presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, também anunciou nesta sexta-feira que a meta do déficit espanhol para este ano será de 5,8% do PIB, superior aos 4,4% acertados com Bruxelas."O objetivo do déficit público para este ano será de 5,8% do PIB", afirmou Rajoy e a redução do déficit estrutural será de 3,5%, acrescentou.O presidente do governo espanhol prometeu ainda apresentar o orçamento 2012 em 30 de março.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.