Tamanho do texto

"Nós temos um longo caminho a seguir, muito trabalho a fazer", afirmou o presidente do BC dos EUA

O presidente do Federal Reserve (banco central norte-americano), Ben Bernanke, afirmou nesta terça-feira que ainda é muito cedo para se declarar vitória com relação à economia dos Estados Unidos, alertando para a complacência na elaboração de políticas ao mesmo tempo em que as perspectivas melhoram.

Leia também: EUA têm de crescer mais para melhorar emprego, diz Bernanke

"Nós ainda não conseguimos ir ao ponto em que nós possamos ser completamente confiantes de que estamos no caminho de uma recuperação completa", disse o chairman do Fed à rede ABC News.

Bernanke recebeu números que mostram queda da taxa de desemprego e sinais de que as tensões financeiras na Europa estão diminuindo. Mas ele afirmou que o desemprego ainda está em um pico problemático, e que o mercado imobiliário segue fraco.

"Eu acho que é realmente importante não ser complacente. Nós temos um longo caminho a seguir, muito trabalho a fazer, e continuaremos fazendo isso." Questionado sobre se o Fed estava considerando novas ações para estimular o crescimento, Bernanke afirmou que o banco central não teria opções fora da mesa. No entanto, ele não sugeriu que uma nova rodada de compra de títulos era iminente.

O Fed mantém as taxas de juros próximas de zero desde dezembro de 2008 e adquiriu US$ 2,3 trilhões da dívida por meio de dois programas de compra de títulos para estimular o crescimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.