Tamanho do texto

Banco alemão era acusado de fraude com venda de títulos de risco

O banco alemão Deutsche Bank aceitou pagar US$ 32,5 milhões (R$ 59,16 milhões) para encerrar as denúncias coletivas de investidores que acusavam a instituição de fraude antes da crise, com a venda de títulos ligados a empréstimos imobiliários de risco.

Em documentos enviados a um tribunal de Nova York, os advogados dos investidores e do banco informa o acordo amistoso que ainda precisa ser aprovado pelo juiz Leonard Wexler.

Se o acordo for aprovado, dará fim a todas as acusações contra o banco, apresentadas por uma série de investidores institucionais, principalmente fundos de pensões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.