Tamanho do texto

Salto para 22,3 pontos permite ao índice alcançar maior nível desde 2010

A confiança de investidores e analistas alemães aumentou significativamente mais do que o esperado em março, para seu nível mais alto desde junho de 2010, mostrou uma pesquisa divulgada nesta terça-feira, reforçando as esperanças de que a maior economia da Europa esteja de volta a uma caminhada estável.

A pesquisa mensal de confiança econômica do instituto econômico ZEW, de Mannheim, saltou para 22,3 pontos, de 5,4 em fevereiro, bem acima da previsão de consenso em uma pesquisa da Reuters com analistas, de um aumento moderado para 10,0.

O índice se baseia em uma pesquisa com 285 analistas e investidores, conduzida entre 27 de fevereiro e 12 de março, disse o instituto.

Um termômetro separado, que mede as condições atuais, ficou em 37,6, de 40,3 em fevereiro. A previsão era de uma leitura de 42,5.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.