Tamanho do texto

Produtores do filme "False Profit" criam campanha online para levantar US$ 50 mil e oferecem pacotes de vantagens aos investidores

Comédia
Kickstarter.com
Comédia "False Profit": produtores lançam campanha para arrecadar fundos e prometem excelente oportunidade de investimento
Os cineastas e produtores americanos Dan Abrams, Josh Zepps, Jeff Michalski transformaram a crise econômica em comédia. O filme já tem título: “False Profit” (lucro falso, em português).

E, para financiar a produção, lançaram uma campanha online de arrecadação de fundos no Kickstarter.com , oferecendo uma excelente oportunidade aos investidores.

Leia também: Os 10 pôsteres de cinema mais caros da história

Se conseguirem levantar US$ 50 mil até o dia 21 de abril, os produtores garantem que farão o filme. “Caso não consigam, provavelmente vão torrar o dinheiro com hambúrgueres e produtos para cabelo”, ironiza o site da CNBC. Até agora, já foram feitas 62 doações e arrecadados US$ 10.748.

A campanha oferece pacotes de vantagens para quem investir US$ 10, US$ 25, US$ 100, US$ 250 e US$ 500. Os pacotes acima de US$ 2 mil, que permitem que o nome do investidor apareça como produtor executivo nos créditos iniciais do filme, já foram todos vendidos, diz o site.

“Enquanto o mundo se desintegra, todos se perguntam: de quem é a culpa? Eugene Kramer era um modesto garoto de uma fazenda em Iowa que levou sua simples sabedoria para Wall Street, onde conseguiu uma oportunidade de trabalho em 2004. Seus iluminados princípios morais o alçaram ao topo – e, sem que percebesse, inspiraram seus colegas banqueiros a desencadear uma catástrofe econômica global”, afirma a campanha do “False Profit” no Kickstarter.com, sobre o projeto do filme.

“ E esse é só começo... Do colapso do sistema de crédito ao resgate às montadoras, da crise do euro ao movimento Ocupe Wall Street, o causador de tudo foi Eugene Kramer . E agora cabe a ele consertar”, diz o site. O comercial para arrecadação de fundos termina com a frase: “Quem culpar? Junte-se a nós e descubra”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.