Tamanho do texto

Quantia equivale a três quartos do dinheiro colocado pela entidade com taxas baixas

Os bancos comerciais depositaram um valor recorde de 777 bilhões (R$ ,177 trilhão) de euros no Banco Central Europeu (BCE) em depósitos de um dia, aproximadamente três quartos do dinheiro que o BCE colocou no sistema financeiro em duas injeções de dinheiro ultra barato em financiamentos de três anos desde dezembro.

Os bancos tomaram emprestado 530 bilhões de euros (R$ 1,2 trilhão) na segunda oferta do BCE de empréstimos de três anos nesta semana, que se somaram aos 490 bilhões de euros (R$ 1,11 trilhão) que eles tomaram na primeira oferta realizada no final do ano passado.

Após receber a última parcela de dinheiro do BCE na quinta-feira, os dados sobre as quantidades de depósitos de um dia no banco central, publicados nesta sexta-feira, mostraram que os bancos depositaram 776,9 bilhões de euros (R$ 1,76 trilhão) no BCE logo depois de receber o dinheiro da instituição.

O alto nível dos depósitos no BCE destacam o andamento da falta de confiança entre os bancos europeus como resultado da crise da dívida que, há muito tempo, atrapalha o mercado de dinheiro.

Os bancos recebem apenas 0,25% sobre o dinheiro que eles depositam no BCE, comparado com quase 1% quando o emprestam por três meses no mercado aberto.

(Reportagem de Marc Jones)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.