Tamanho do texto

Oferta de novos empregos cresceu 2,2 % em junho na comparação ao mês anterior

Reuters

A taxa de desemprego do Japão atingiu seu menor nível em quatro anos e meio em junho e a disponibilidade de vagas chegou ao maior patamar em cinco anos, indicando que o setor responde positivamente aos esforços do governo para reanimar a economia e acabar com a deflação.

Leia também: G-20: ministro japonês critica emergentes

O índice ajustado sazonalmente caiu para 3,9 %, levemente abaixo dos 4,1 % do mês anterior, de acordo com dados do Ministério de Assuntos Internos na terça-feira (horário local). A expectativa do mercado era de 4 %.

A relação vaga-candidato cresceu para 0,92 em junho, o maior nível em cinco ano. O número superou a previsão média de economistas, de 0,91, e ficou acima de 0,90 registrado em maio.

Veja mais: BoJ: é cedo para discutir saída de programa de estímulo

A oferta de novos empregos cresceu 2,2 % em junho na comparação ao mês anterior. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a taxa avançou 3,8 %.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.