Tamanho do texto

Reestruturação de dívida concluída no dia 1º de julho marca a resolução do "calote" do país

Agência Estado

A agência diz que existe um elevado risco do programa de resgate para o país
Reuters
A agência diz que existe um elevado risco do programa de resgate para o país "sair dos trilhos"

A agência de classificação de risco Fitch elevou nesta sexta-feira (5) o rating de longo prazo em moeda local do Chipre de "default restrito" para CCC. O rating em moeda estrangeira foi reafirmado em B-, com perspectiva negativa, e o teto país foi mantido em B.

-Veja também: S&P eleva rating do Chipre para CCC+ cinco dias após rebaixá-lo

Segundo a Fitch, a reestruturação de dívida concluída pelo Chipre no dia 1º de julho marca a resolução do default do país. De acordo com a agência, a diferença de um grau entre os ratings em moeda estrangeira e local reflete a maior vulnerabilidade dos bônus emitidos sob a legislação cipriota.

"O apoio externo, sob os auspícios da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI), melhora a posição imediata do rating soberano, da perspectiva de liquidez e solvência, embora com grandes riscos de baixa", afirma a Fitch.

A agência diz que existe um elevado risco do programa de resgate para o país "sair dos trilhos", em função do desempenho econômico abaixo do esperado e de problemas políticos.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.