Tamanho do texto

O aumento do déficit comercial pode prejudicar o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no segundo trimestre, como ocorreu nos três meses anteriores

Agência Estado

Déficit comercial dos EUA subiu 12% em maio
Getty Images
Déficit comercial dos EUA subiu 12% em maio

O déficit comercial dos EUA subiu 12% em maio, para US$ 45,03 bilhões, segundo o Departamento do Comércio. Analistas consultados pela Dow Jones esperavam um déficit consideravelmente menor, de US$ 40,0 bilhões. O déficit de abril foi revisado para US$ 40,15 bilhões, de US$ 40,29 bilhões anteriormente.

As importações subiram 1,9%, com ajuste sazonal, a US$ 232,09 bilhões em maio ante abril, mostrando que a demanda dos consumidores nos EUA continua forte, enquanto as exportações recuaram 0,3%, para US$ 187,06 bilhões.

Descontando-se o efeito da queda nas importações de petróleo, o déficit comercial de maio foi de US$ 41,58 bilhões, o mais alto desde setembro de 2007.

O aumento do déficit comercial pode prejudicar o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no segundo trimestre, como ocorreu nos três meses anteriores.

Veja também: Encomendas à indústria dos EUA sobem 2,1% em maio

Sem ajustes, as exportações para o México, segundo maior mercado para os produtos e serviços dos EUA, caíram 3,3% em maio ante o mês anterior. As vendas para a China, terceiro maior mercado dos norte-americanos, recuaram 2,3%.

Por outro lado, as exportações dos EUA subiram para vários mercados europeus em maio, contrariando a tendência dos meses anteriores. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.