Tamanho do texto

Instituição afirmou que irá fornecer dinheiro às instituições para sustentar a economia real

Reuters

Banco Popular da China quer colocar dinheiro em áreas mais produtivas da economia
Thinkstock/Getty Images
Banco Popular da China quer colocar dinheiro em áreas mais produtivas da economia

O banco central da China agiu, nesta terça-feira (25), para garantir aos mercados que irá fornecer dinheiro às instituições que precisarem, após dias de agitação que pressionaram as ações para o menor nível em mais de quatro anos por temores de uma crise bancária. O BC afirmou que forneceu dinheiro a algumas instituições que enfrentam escassez temporária e que continuará a fazê-lo caso seja necessário.

O Banco Popular da China quer restringir os recursos que estão entrando no vasto mercado informal de empréstimos, e, ao invés disso, colocar dinheiro em áreas mais produtivas da economia, à medida que busca sustentar o crescimento.

Mas sua postura rígida em permitir o aperto das condições de crédito, que levou as taxas de juros de curto prazo para níveis extraordinários em algumas negociações, levantou temores de um aperto de crédito duradouro e perturbou os mercados globais.

Em declaração ao final do dia que reafirmou seu ímpeto em fazer os bancos controlarem seus empréstimos, o BC chinês disse que irá fornecer dinheiro às instituições para sustentar a economia real.

Leia também: China promete melhorar a administração da oferta de dinheiro

"O banco central fornecerá suporte de liquidez para instituições financeiras que enfrentarem escassez temporária, mas que têm emprestado, com volumes e ritmo prudentes, em linha com a política do governo e dando suporte à economia real", disse.

"O banco central também adotará medidas necessárias para ajudar aquelas instituições que têm problemas em gerenciar a liquidez para manter a estabilidade geral no mercado de dinheiro."

Mais cedo, as ações chinesas tocaram o menor nível desde 2009, ampliando os dias de queda devido a preocupações em relação ao confronto entre o banco central e o mercado. No entanto, mais tarde, elas recuperaram grande parte das perdas no dia por causa da expectativa de entrevista do banco central à imprensa após o fim das negociações.

"O risco de liquidez no sistema bancário está sob controle", afirmou o vice-presidente do braço de Xangai do BC, Ling Tao, em entrevista à imprensa. "Vamos estabilizar as expectativas de mercado e guiar as taxas de juros para níveis razoáveis."

Mais:  Preocupações sobre a economia chinesa pressionam Bolsas da Ásia

Não ficou imediatamente claro se as declarações do BC serão suficientes para manter os mercados calmos na quarta-feira, mas operadores do mercado de dinheiro comemoraram o tom mais acomodativo.

"O BC parece aliviar sua posição ligeiramente", disse um operador de um banco comercial chinês em Xangai. "Parece que o pico do aperto do mercado acabou."

As taxas do mercado de dinheiro saltaram na semana passada depois que autoridades permitiram que as condições do mercado de dinheiro apertassem. Ainda que as taxas de curto prazo tenham caído nesta semana, as ações bancárias recuaram por preocupações de que o aperto de fundos afete os lucros e a economia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.