Tamanho do texto

Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) estão perto de um acordo sobre as regras comuns para lidar com o fechamento de bancos problemáticos, disse Wolfgang Schäuble

Agência Estado

Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) estão perto de um acordo sobre as regras comuns para lidar com o fechamento de bancos problemáticos, apesar de um impasse nas negociações na manhã de sábado, disse o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble.

"Nós não estávamos distantes às 4 da manhã, esta manhã", disse Schäeuble, em um comunicado publicado neste sábado. "Estou confiante de que vamos encontrar o equilíbrio certo." Reunidos em Luxemburgo, os ministros, integrantes do chamado Ecofin, concordaram em se encontrar novamente na quarta-feira, 26, para uma nova tentativa de se chegar a um acordo sobre o tema.

Os ministros não conseguiram chegar a acordo sobre as regras depois de mais de 12 horas de conversas que entraram pela madrugada de sábado, em meio a divergências profundas sobre quanto poder será dado às autoridades nacionais para lidar com o problema.

As regras são destinadas a enunciar a ordem em que os depositantes e credores teriam de absorver as perdas durante uma crise bancária, e exigirá que os governos constituem as autoridades e os fundos de resolução nacionais para implementar reestruturações bancárias.

Schäeuble disse que deve haver um "limite superior" de quanto os fundos nacionais de resolução poderiam usar para proteger certos investidores de assumir perdas quando um banco é liquidado. O dinheiro público ou fundos do Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM, da sigla em inglês), fundo de resgate da zona do euro, só devem ser usados para liquidar bancos "como último recurso", acrescentou.

Fonte: Dow Jones Newswires.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.