Tamanho do texto

Para Angela Merkel, anúncio de redução do programa de estímulos do banco central norte-americano mostrou falta de estabilidade dos mercados internacionais

Reuters

Premiê alemã, Angela Merkel
ASSOCIATED PRESS/AP
Premiê alemã, Angela Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse nesta sexta-feira (21) que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, escolheu o cronograma certo ao dizer que irá reduzir seu programa de estímulo mais adiante neste ano.

Mas Merkel, em declaração em São Petersburgo ao lado do presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que a reação nos mercados internacionais - nos quais os comentários do presidente do Fed, Ben Bernanke, geraram vendas generalizadas - mostrou que a economia mundial ainda não se estabilizou.

Veja mais: Bolsas europeias reagem negativamente a discurso de Bernanke e fecham em queda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.