Tamanho do texto

Na comparação anual, as vendas avançaram 4,3% em maio. Resultado foi impulsionado principalmente pelas vendas de veículos e autopeças, que subiram 1,8% ante abril

Vendas no varejo dos EUA crescem 0,6%
Getty Images
Vendas no varejo dos EUA crescem 0,6%

As vendas no varejo dos EUA subiram mais que o esperado em maio, crescendo 0,6% ante abril, para o valor sazonalmente ajustado de US$ 421,15 bilhões, segundo informou nesta quinta-feira (13) o Departamento do Comércio.

Economistas consultados pela Dow Jones previam um aumento menor, de 0,4%. Na comparação anual, as vendas avançaram 4,3% em maio. O dado de vendas de abril foi mantido, com ganho de 0,1% ante março.

O resultado de maio foi impulsionado principalmente pelas vendas de veículos e autopeças, que subiram 1,8% ante abril, o maior avanço para a categoria em seis meses. Já os gastos em postos de combustíveis recuaram 0,2%. Houve também queda nas vendas de restaurantes e lojas de departamentos.

Veja também: Vendas de veículos nos EUA sobem 8% em maio, segundo consultoria

Excluído o setor automotivo, as vendas no varejo tiveram alta de 0,3% em maio, como esperado pelos analistas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Preço de importaddos

Os preços de produtos importados e exportados nos Estados Unidos caíram inesperadamente em maio -- sinal de um crescimento econômico mais fraco no mundo, que pode prejudicar as fábricas norte-americanas, mas que provavelmente deu algum alívio para consumidores.

Mais: Déficit comercial dos EUA aumenta 8,5% em abril e atinge US$ 40,3 bilhões

Os preços de importadaos caíram 0,6%, o terceiro declínio consecutivo. Já os preços de exportados recuaram 0,5%, também marcando o terceiro mês seguido de queda. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho.

*Com Agência Estado e Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.