Tamanho do texto

Em meados de 2013, segundo a Associação Bancária Italiana (ABI), a economia italiana deverá iniciar um lento processo de recuperação

Agência Estado

A Associação Bancária Italiana (ABI) informou nesta quinta-feira que a economia do país vai sofrer contração de 0,6% este ano. Em meados de 2013, segundo a instituição, deverá ter início uma lenta recuperação econômica.

A previsão da ABI é de que o Produto Interno Bruto (PIB) italiano cresça 0,8% em 2014, com o aumento do consumo interno. Já o déficit orçamentário em relação ao PIB deve cair para 1,3% em 2014, de 2,8% em 2012.

A dívida pública em relação ao PIB, segundo a ABI, deverá ser de 126,2% este ano e no próximo, e em seguida cair três pontos porcentuais em 2014, mas somente se o governo proceder com a venda de ativos públicos.

A ABI informou também que o fraco cenário macroeconômico está pressionando os bancos, que se esforçam para reduzir custos enquanto a receita vem abaixo das expectativas. O financiamento continua a ser o principal problema para os bancos do país, afirmou a ABI, acrescentando que as instituições ainda dependem de empréstimos do Banco Central Europeu (BCE). As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.