Tamanho do texto

Agência de classificação de risco afirma que decisão reflete a "forte determinação" dos membros da zona do euro em manter o país dentro da comunidade de moeda única

A agência de classificação de risco Standard & Poor's elevou nesta terça-feira o rating de crédito soberano de longo prazo da Grécia de "calote seletivo" para B-, com perspectiva estável. Já a nota de curto prazo foi elevada para B. Segundo a S&P, o upgrade se deve à "forte determinação" dos demais países da zona do euro em manter a Grécia dentro da comunidade de moeda única. 

LeiaGrécia receberá € 1 bi de euros a mais para recompra de bônus

A agência afirmou que a elevação também se deve à conclusão do programa de recompra de bônus por parte do governo grego, e pela aprovação por parte do Eurogrupo de um empréstimo como parte da segunda parcela do programa de ajuda à Grécia. "Nós vemos a decisão dos Estados da zona do euro de fornecer alívio material no fluxo de caixa da Grécia como uma indicação de sua determinação de restaurar a estabilidade das finanças gregas, e de preservar a Grécia na zona do euro", informou comunicado da S&P.

MaisSegundo pacote de resgate à Grécia é aprovado, país vai receber 4,9 bi

O upgrade reflete ainda a opinião da agência de que a Grécia vai continuar a pagar sua dívida integralmente, como originalmente previsto. Já a perspectiva estável é fruto do comprometimento grego com ajustes estruturais e fiscais em detrimento dos desafios políticos e econômicos de implementá-los.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.