Tamanho do texto

País, um dos mais afetados pela crise econômica, tem cerca de 4,9 milhões de pessoas sem trabalho

Reuters

O número de desempregados na Espanha subiu 1,5 por cento em novembro em relação a outubro, ou em 74.296 pessoas, com um total de 4,9 milhões de pessoas sem trabalho, de acordo com dados do Ministério do Trabalho divulgados nesta terça-feira.

Novembro marca o quarto aumento consecutivo no número de pessoas registradas como desempregadas no país.

Os dados mensais de desemprego considera o número de espanhóis registrados como sem trabalho, enquanto a taxa de desemprego, que atingiu um recorde de 25 por cento no terceiro trimestre, é uma pesquisa oficial e o indicador mais confiável do mercado de trabalho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.