Tamanho do texto

Dados do Ministério do Trabalho mostraram que o número dos que buscam emprego na França continental aumentou em 45.400, ou 1,5%, para 3,103 milhões

Reuters

O número de pessoas fora do trabalho na França voltou a subir em outubro, atingindo seu maior nível em 14 anos e meio, aumentando a pressão sobre o presidente socialista François Hollande, que prometeu interromper a alta implacável até o final de 2013.

Dados do Ministério do Trabalho mostraram que o número dos que buscam emprego na França continental aumentou em 45.400, ou 1,5%, para 3,103 milhões, registrando a 18a expansão mensal consecutiva e levando o total a seu maior nível desde abril de 1998.

O aumento foi apenas levemente menor que o de setembro, quando houve o maior salto na lista de desempregados desde abril de 2009, mostrando que a piora no mercado de trabalho ganha velocidade enquanto a recessão na zona do euro impacta a demanda.

(Reportagem de Vicky Buffery)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.