Tamanho do texto

As fábricas produziram 2,2% menos produtos intermediários e menos 3,5% bens de capital na base mensal, puxando o desempenho para baixo

Reuters

A produção industrial alemã caiu mais do que o previsto em setembro, puxada pela manufatura, informou nesta quarta-feira o Ministério da Economia, apontando para o enorme impacto que a crise da dívida da zona do euro está tendo na maior economia da Europa.

A produção industrial na Alemanha caiu 1,8 por cento em setembro em relação a agosto, resultado bem abaixo da mediana das projeções da pesquisa da Reuters com 37 economistas de queda de 0,5 por cento.

As fábricas produziram 2,2 por cento menos produtos intermediários e menos 3,5 por cento bens de capital na base mensal, puxando a produção para baixo.

A atividade no setor de construção, que cresceu 2,7 por cento no mês, foi o único ponto positivo.

"A produção industrial no quarto trimestre será prejudicada pelos níveis fracos de encomendas", informou o ministério em comunicado.

Os dados para agosto foram revisados para uma queda de 0,4 por cento, ante declínio de 0,5 por cento previamente reportado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.