Tamanho do texto

O indicador futuro de sentimento do consumidor, com base em uma pesquisa junto a 2 mil alemães, subiu para 6,3 para novembro ante 6,1 em outubro segundo dados revisados, impulsionado por um forte aumento nas expectativas de receita

Reuters

A confiança do consumidor alemã para novembro subiu inesperadamente para seu maior nível em mais de cinco anos, informou o grupo de pesquisa de mercado Gfk, sugerindo que a demanda doméstica irá carregar a economia através de uma desaceleração global.

A leitura melhor do que o esperado vem após outro dado ter sugerido que a maior economia da Europa e locomotiva de crescimento está perdendo a força, com o setor privado encolhendo, o sentimento empresarial caindo, as encomendas industriais recuando e o desemprego subindo. Entretanto, as exportações subiram e o sentimento do investidor acelerou.

O indicador futuro de sentimento do consumidor, com base em uma pesquisa junto a 2 mil alemães, subiu para 6,3 para novembro ante 6,1 em outubro segundo dados revisados, impulsionado por um forte aumento nas expectativas de receita.

A leitura, a mais alta desde outubro de 2007, superou as expectativas em uma pesquisa da Reuters com 24 economistas de que o indicador se mantivesse em 5,9, e superou mesmo a mais alta estimativa de uma alta para 6,0.

Os consumidores tornaram-se mais otimistas sobre seu ganhos futuros, parcialmente devido ao robusto mercado de trabalho. Enquanto o desemprego subiu pelo sexto mês seguido em setembro, a taxa de desemprego permanece perto de seu menor nível desde a reunificação alemã em 1990.

O índice de expectativas de receita interrompeu uma série de três meses de queda para subir a 29,9 em outubro, ante 23,9 em setembro.

"Embora a redução no desemprego tenha recentemente tido uma pausa, especialistas esperam um nível estável de emprego no próximo ano, apesar da desaceleração econômica", disse o GfK na sexta-feira.

"Junto com a tendência positiva em salários, que também subiu em termos reais, o mercado de trabalho atualmente fornece um importante suporte para expectativas de receitas."