Tamanho do texto

O programa não levarão a um financiamento disfarçado de governos, disse o presidente da autoridade monetária, que vê medida como meio para afastar desconfiança dos mercados

Reuters

O novo programa de compra de títulos do Banco Central Europeu (BCE) não causará inflação nem comprometerá a independência do banco, afirmou o presidente da autoridade monetária, Mario Draghi, a legisladores alemães nesta quarta-feira em uma defesa detalhada de seu plano de política.

Em declarações preparadas para o início de sua reunião com os parlamentares, Draghi tratou ponto a ponto das preocupações deles com o programa, conhecido como Transações Monetárias Diretas (OMT, na sigla em inglês).

"As OMTs não levarão a um financiamento disfarçado de governos....As OMTs não comprometerão a independência do BCE", disse ele em comunicado.

"As OMTs não criarão riscos excessivos para os contribuintes da zona do euro", acrescentou. "As OMTs não levarão à inflação."

Em vez disso, ele disse que as intervenções sob o programa "têm o objetivo de enviar um sinal claro a investidores de que seus temores sobre a zona do euro não têm base."

O BCE ainda não realizou nenhuma compra de bônus através do programa, que foi anunciado em setembro.

(Por Paul Carrel)