Tamanho do texto

Primeiro-ministro espanhol pediu também que a Europa implemente rapidamente um acordo para estabelecer uma união bancária

Agência Estado

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, declarou nesta quarta-feira que as reformas em implementação no país precisam de maior apoio dos demais países europeus. Ele pediu também que a Europa implemente rapidamente um acordo para estabelecer uma união bancária.

MaisCatalunha pede mais dinheiro ao Estado espanhol

Rajoy, que falou durante um congresso de partidos políticos conservadores europeus, afirmou também que seu país permanece comprometido em colocar suas finanças públicas em ordem e a realizar uma série de reformas econômicas. "Qualquer sinal de fraqueza nesses compromissos coloca nossa credibilidade perigosamente em risco", disse ele.

TambémMoody's reitera rating da Espanha; perspectiva negativa

As declarações do premiê espanhol foram feitas pouco antes da cúpula de líderes europeus, que acontece na quinta-feira em Bruxelas. Dentre os assuntos que serão abordados no encontro está a proposta para um novo regulador bancário europeu. Alemanha e França não chegaram a um acordo sobre o calendário para o estabelecimento de uma união bancária. As informações são da Dow Jones.