Tamanho do texto

Embora o Tesouro luso tenha vendido o máximo da emissão, fixado em dois bilhões de euros, a demanda superou em 2,5 vezes a oferta nos títulos a doze meses

EFE

Portugal captou nesta quarta-feira 1,85 bilhão de euros em títulos da dívida a três, seis e doze meses, com juros menores do que em meados do ano, o que foi considerado por analistas do mercado como um leilão bem-sucedido.

Embora o Tesouro luso tenha vendido o máximo da emissão, fixado em dois bilhões de euros, a demanda superou em 2,5 vezes a oferta nos títulos a doze meses, que somaram 770 milhões de euro com juros de 2,1%, contra o 3,5% do leilão anterior com este mesmo prazo.

Portugal, que só deverá se financiar no mercado quando seu fundo de resgate acabar, em setembro do ano que vem, colocou além disso 250 milhões a três meses com juros de 1,36%, contra 3,84% da emissão anterior, e 830 milhões a seis meses a 1,83%, contra 1,7% do leilão passado.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.