Tamanho do texto

Segundo dados do Ministério das Finanças, o déficit fiscal do país ficou em 12,6 bilhões de euros entre janeiro e setembro, ante 20,1 bilhões de euros em igual período de 2011

Agência Estado

O déficit orçamentário da Grécia apresentou uma forte queda nos primeiros nove meses do ano e superou as expectativas dos credores internacionais do país, apesar da arrecadação de receitas ficar abaixo do esperado em meio à recessão local e greves dos coletores de impostos.

Segundo dados do Ministério das Finanças, o déficit fiscal do país ficou em 12,6 bilhões de euros entre janeiro e setembro, ante 20,1 bilhões de euros em igual período de 2011.

O déficit primário também recuou bastante na mesma comparação, para 2 bilhões de euros, de 6 bilhões de euros.

O resultado do déficit geral veio melhor do que o esperado, visto que a meta estabelecida para os nove primeiros meses de 2012 era de 13,5 bilhões de euros, e ocorreu principalmente por causa de profundos cortes nos gastos públicos. As despesas do governo até setembro caíram para 49,4 bilhões, de 57 bilhões de euros no mesmo período do ano passado.

Já a receita líquida ficou em 36,7 bilhões de euros, abaixo da meta de 38 bilhões de euros e quase estável em relação aos 36,8 bilhões de euros arrecadados entre janeiro e setembro do ano passado. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.