Tamanho do texto

Primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, disse que os gregos estavam 'sangrando', mas que se prenderão às promessas de reforma e que estão determinados a continuar no euro

Reuters

O difícil caminho em que a Grécia está irá compensar, afirmou nesta terça-feira a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, durante uma visita a Atenas manchada por conflitos entre a polícia e manifestantes.

Merkel enfrenta protestos em primeira visita à Grécia na crise

Em sua primeira visita à Grécia desde que a crise da dívida explodiu no país em 2009, Merkel elogiou Atenas pelo que ela descreveu como importantes sucessos em reformas, mas disse que mais trabalho é necessário para reduzir a montanha de dívida do país e restaurar a competitividade.

"Muito foi conquistado", disse Merkel após conversas com o primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras.

Samaras disse que os gregos estavam "sangrando", mas que se prenderão às promessas de reforma e que estão determinados a continuar no euro.