Tamanho do texto

Autoridades europeias afirmaram que a Espanha estava pronta para pedir ao BCE o início da compra de seus títulos, mas a Alemanha sinalizou que o país deveria esperar

Reuters

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, afirmou a líderes regionais de seu partido que o Estado não buscará um resgate da zona do euro neste fim de semana, informou nesta terça-feira a agência de notícias Europa Press.

Rajoy fez os comentários durante jantar na segunda-feira na sede de seu partido de centro-direita, o Partido Popular, em Madri, segundo a agência.

"O primeiro-ministro ... negou aos seus líderes regionais que esteja planejando pedir (à zona do euro) neste fim de semana financiamento de resgate para compra de dívida ativada pelo Banco Central Europeu (BCE), o que é conhecido como resgate", escreveu a Europa Press, citando fontes ligadas ao partido.

Autoridades europeias afirmaram à Reuters no final da segunda-feira que a Espanha estava pronta para já no fim de semana pedir à zona do euro e ao BCE o início da compra de seus títulos, mas a Alemanha sinalizou que o país deveria esperar.

Um porta-voz do Gabinete do primeiro-ministro disse que não estava ciente dos comentários de Rajoy.

O jantar de segunda-feira entre líderes do partido de várias regiões da Espanha foi feito para coordenar uma postura partidária antes da reunião desta terça-feira entre Rajoy e os representantes das 17 regiões autônomas do país.

Pede-se às regiões que façam cortes extras significativos em seus gastos no orçamento de 2013.

Elas foram amplamente culpadas pelo país não ter atingido a meta de déficit de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, forçando Madri a estabelecer um fundo de 18 bilhões de euros para diminuir seus problemas de liquidez.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.