Tamanho do texto

O índice "Empire State" das condições gerais de negócios do Fed de Nova York caiu para -10,41, ante -5,85 em agosto, o menor nível desde abril de 2009

Reuters

A atividade industrial no Estado de Nova York contraiu pelo segundo mês seguido em setembro, caindo para o menor nível em quase três anos e meio, ao passo que os novos pedidos encolheram ainda mais, mostrou nesta segunda-feira um relatório do Federal Reserve de Nova York.

O índice "Empire State" das condições gerais de negócios do Fed de Nova York caiu para -10,41, ante -5,85 em agosto, abaixo das previsões dos economistas de uma melhora para -2, de acordo com pesquisa da Reuters. Esse foi o menor nível desde abril de 2009.

A pesquisa de plantas industriais no Estado é um dos primeiro indicadores mensais das condições da indústria norte-americana. O setor contraiu em agosto pela primeira vez em dez meses.

Um polo promissor da recuperação dos Estados Unidos quando a economia estava começando a ganhar força, a indústria tem se enfraquecido nos últimos meses.

As novas encomendas futuras tombaram para -14,03 ante -5,50. A medida ficou no nível mais baixo desde novembro de 2010.

As medidas de emprego também deterioraram-se. O índice para o número de empregados caiu para 4,26 ante 16,47.

Ainda assim, os industriais estavam menos pessimistas sobre o futuro, com o índice das condições empresariais para daqui a seis meses subindo para 27,22 ante 15,20.