Tamanho do texto

Esforço para reduzir o endividamento e combater a crise gerou economia de 5,5 bilhões de euros, de acordo com dados do banco central italiano

Agência Estado

A administração pública da Itália reduziu sua dívida em 5,5 bilhões de euros (US$ 7,04 bilhões) entre junho e julho, para 1,97 trilhão de euros, de acordo com dados do banco central italiano.

Nos primeiros sete meses deste ano, as necessidades de empréstimos da Itália somaram 42,7 bilhões de euros, 100 milhões de euros a mais do que o valor registrado no mesmo período do ano passado.

Com relação à receita fiscal, a administração pública registrou aumento de 4 bilhões de euros, ou 10,6%, em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Desde janeiro, a Itália coletou 7,7 bilhões de euros, ou 3,6% mais do que no mesmo período de 2011. As informações são da Dow Jones.