Tamanho do texto

Taxa de desemprego ficou em 8,1% no trimestre até julho, ante 8% nos três meses até junho. No período de três meses até abril, a taxa foi de 8,2%

Agência Estado

A taxa de desemprego do Reino Unido subiu no período de três meses até julho, em comparação ao período equivalente até junho, registrando a primeira alta desde os três meses encerrados em novembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas.

A taxa de desemprego ficou em 8,1% no trimestre até julho, ante 8% nos três meses até junho. No período de três meses até abril, a taxa foi de 8,2%.

A medida de desemprego, que segue o padrão da Organização Internacional do Trabalho (OIT), subiu 28 mil, para um total de 2,59 milhões de junho para julho, em bases trimestrais. Em relação ao trimestre encerrado em abril, houve queda de 7 mil.

Já a medida que considera o número de pessoas que recebem seguro-desemprego caiu 15 mil em agosto, registrando o maior declínio desde junho de 2010, com a taxa de desemprego em 4,8%.

Economistas consultados pela Dow Jones previam que esta medida ficaria estável. O resultado de julho foi revisado para uma queda de 13,6 mil e taxa de 4,8%. As informações são da Dow Jones.