Tamanho do texto

Segundo chanceler alemã, quanto mais rápido a Grécia implementar as reformas prometidas em troca do pacote internacional de resgate, melhor

Agência Estado

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta sexta-feira que os países membros da União Europeia precisam trabalhar para resolver individualmente seus problemas. Segundo ela, quanto mais rápido a Grécia implementar as reformas prometidas em troca do pacote internacional de resgate, melhor. "Nós encorajamos a Grécia a cumprir suas obrigações. Quanto mais rápido eles fizerem isso, melhor", disse Merkel em uma coletiva de imprensa após se encontrar com o chanceler da Áustria, Werner Faymann.

MaisRajoy e Merkel dizem que não discutiram condições de ajuda

Segundo Merkel, a decisão sobre prorrogar o prazo para a Grécia cumprir suas metas fiscais só será tomada após a troica de credores internacionais divulgar seu relatório sobre o país. Merkel também disse que uma maior integração entre os membros da zona do euro é necessária para ajudar a sustentar o euro no longo prazo. Ela acrescentou que cada país do bloco precisa trabalhar nos seus próprios problemas.

LeiaPremiê grego diz a Merkel que Grécia precisa de tempo, e não mais dinheiro

Questionada por jornalistas, a chanceler alemã repetiu comentários feitos pelo Banco Central Europeu (BCE), de que o futuro do euro será determinado por ações políticas. Ela também concordou com comentários do presidente do BCE, Mario Draghi, de que a condicionalidade para qualquer ajuda é um ponto muito importante. As informações são da Dow Jones.