Tamanho do texto

Vice-presidente do Banco Central Europeu afirmou ainda que novo programa de compras de bônus de países endividados deverá ajudar a restaurar a calma nos mercados financeiros

Agência Estado

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vitor Constâncio, disse que o novo programa de compras de bônus deverá ajudar a restaurar a calma nos mercados financeiros, mas reiterou que ele só será implementando com condições rigorosas.

LeiaMinistro alemão diz que BCE não excede mandato com novo plano

O programa só será lançado sob "condicionalidade rigorosa e efetiva" e só quando os países estiverem vinculados a um dos programas de fundo de resgate da zona do euro, afirmou Constâncio em uma conferência da Escola de Finanças Duisenberg, em Amsterdam. O BCE anunciou seu plano para comprar volumes "ilimitados" de bônus governamentais para ajudar a reduzir os custos dos empréstimos para alguns países endividados da região.

TambémBCE anuncia compra de bônus soberanos

O anúncio ajudou a reduzir os yields (retorno ao investidor) dos bônus dos governo da Espanha e da Itália e espalhou um rali nos mercados de credito, incluindo bancos e companhias de países europeus que estão enfrentando dificuldades fiscais. As informações são da Dow Jones.