Tamanho do texto

Recursos serão usados em 60 projetos de infraestrutura; investimento aumenta esperanças de que o motor do crescimento mundial talvez tenha uma melhora a partir do quarto trimestre

Reuters

A China aprovou mais de US$ 150 bilhões em 60 projetos de infraestrutura para estimular a economia diante do maior desaquecimento em três anos, o que aumenta as esperanças de que o motor do crescimento mundial talvez tenha uma melhora a partir do quarto trimestre.

Ações e futuros de aço saltaram diante do plano --um dos mais ambiciosos que a China revelou neste ano-- de construir estradas, portos e pistas de aeroportos.

MaisÍndice de serviços da China em agosto atinge menor nível em 9 meses

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma anunciou a aprovação para projetos que analistas estimam em mais de 1 trilhão de iuans (US$ 157 bilhões).

Para evitar uma recessão prolongada, Pequim tinha lançado um pacote de estímulo de 4 trilhões de iuans (US$ 630 bilhões) em 2008/09. Essa decisão, no entanto, deixou o país envolto em dívidas, o que o obrigou a ter mais cautela com gastos.