Tamanho do texto

Solicitações iniciais caíram para 365 mil, sazonalmente ajustada, disse o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira

Reuters

O número de norte-americanos entrando com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu na última semana para o seu menor nível em um mês, um sinal otimista para um mercado de trabalho que tem se esforçado para criar empregos.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caiu 12.000 para uma taxa de 365.000 sazonalmente ajustada, disse o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira.

Foi a primeira queda em novos pedidos desde a semana que terminou no dia 4 de agosto. Economistas pesquisados pela Reuters previam que os pedidos caíram para 370.000 na última semana. O número da semana anterior foi revisado para cima para mostrar 3.000 mais aplicações do que o anteriormente relatado.

Entretanto, a média-móvel de quatro semanas de novos pedidos, um medida melhor para tendência do mercado de trabalho, subiu para 371.250.