Tamanho do texto

"A compra de títulos com prazo de até três anos pelo BCE não seria um financiamento do Estado", segundo o presidente do Banco Central Europeu

Reuters

Novas medidas do Banco Central Europeu são esperadas para esta semana
ASSOCIATED PRESS/AP
Novas medidas do Banco Central Europeu são esperadas para esta semana

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse a uma comissão parlamentar da União Europeia (UE) que as compras de títulos soberanos com um prazo de até três anos pela autoridade monetária não violará as regras do bloco, segundo afirmaram legisladores europeus, incluindo o vice-presidente do Parlamento continental, Mario Mauro, nesta segunda-feira.

"A compra de títulos com prazo de até três anos pelo BCE não seria um financiamento do Estado", disse Draghi, segundo Mauro e outros legisladores da UE.

Draghi estava falando no comitê de Assuntos Econômicos e Monetários do Parlamento da UE em uma sessão com portas fechadas nesta segunda-feira.

Os títulos de dois anos da Itália caíram abaixo de 2,7% pela primeira vez desde abril, após os comentários de Draghi relatados.

Espera-se que o presidente do BCE dê mais detalhes sobre o planos de compras de títulos para reduzir custos de países mais vulneráveis da zona do euro no próximo dia 6.

(Reportagem de Francesco Guarascio e Gabriella Bruschi)