Tamanho do texto

Desempenho do varejo da Itália recuou 1,6% em abril ante março, com a redução nas compras de alimentos e de bens e serviços

As vendas no varejo da Itália recuaram 1,6% em abril ante março, de acordo com dados ajustados sazonalmente, com os residentes do país reduzindo as compras de alimentos e de outros bens e serviços, informou hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (Istat).

A queda mensal, a maior em pelo menos oito anos, foi mais acentuada que a projeção de baixa de 0,2% esperada pelos analistas.

Na comparação com abril de 2011, as vendas no varejo caíram 6,8%.

A tendência de queda deve continuar, uma vez que o índice de confiança do consumidor italiano chegou a um novo recorde baixa em junho.

O índice é elaborado tendo como referência o ano-base de 2005, segundo o Istat.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.