Tamanho do texto

Governo está se preparando para elevar alguns impostos e cortar gastos para garantir o cumprimento da meta de déficit em 2012 de 4,5% do Produto Interno Bruto

Reuters

Uma auditoria das finanças públicas da França deve mostrar um déficit orçamentário de 7 a 10 bilhões de euros que precisa ser resolvido para que o país cumpra sua meta de déficit público, afirmou nesta segunda-feira o ministro das Finanças, Pierre Moscovici.

O governo do presidente François Hollande, há cinco semanas no poder, está se preparando para elevar alguns impostos e cortar gastos para garantir o cumprimento da meta de déficit em 2012 de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

O governo conta com uma avaliação profunda das finanças públicas, realizada pelo escritório nacional de auditorias e a ser publicada em 2 de julho, para ter uma ideia mais clara de quais economias devem ser feitas.

Questionado pela TV iTele sobre se as economias necessárias para este ano eram de 7 a 10 bilhões de euros, Moscovici disse: "Imagino que estamos entre os dois, mas estou aguardando os dados oficiais."

O governo anterior baseou o orçamento de 2012 em uma estimativa de crescimento de 0,7% para este ano, mas a maioria dos economistas esperam um crescimento muito menor, o que significa que economias extras são inevitáveis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.