Tamanho do texto

Melhora vem sendo sustentada por gastos robustos dos consumidores e demanda oriunda dos esforços de reconstrução do terremoto do ano passado, diz governo

Reuters

O Japão informou nesta sexta-feira que sua economia continua se recuperando, apesar de moderadamente, sustentada por gastos robustos dos consumidores e demanda oriunda dos esforços de reconstrução do terremoto do ano passado, mas acrescentou que estava preocupado com os problemas de dívida da zona do euro.

O governo melhorou sua visão sobre gastos de capital pela primeira vez em três meses, como resultado de uma recuperação dos lucros corporativos e do apoio à reconstrução do país.

"A economia está se recuperando moderadamente ajudada pela demanda de reconstrução, apesar de as dificuldades continuarem prevalecendo", informou o Gabinete do país em seu último relatório.

Leia aindaVendas no varejo do Japão crescem 5,8% em abril

A avaliação vem depois de o Banco do Japão revisar para cima sua visão sobre a economia na semana passada, dizendo que o crescimento estava se recuperando moderadamente devido a uma demanda doméstica firme.

O governo melhorou ainda sua avaliação sobre as despesas de capital para "recuperando-se lentamente". Antes, o governo afirmava que o investimento empresarial estava mostrando sinais de recuperação.

Mais: BC do Japão mantém taxa de juros e foca em eleição na Grécia

O governo também melhorou sua visão acerca de lucros corporativos em junho pelo segundo mês seguido, dizendo que eles estavam "se recuperando" em vez de "se estabilizando".

A avaliação sobre a construção de imóveis melhorou pela primeira vez em dois meses, notando ser provável que o setor continue se recuperando devido ao forte início de novas construções nas partes do país atingidas pelo terremoto.

Resultado fraco do PIB no 1º trimestre coloca Brasil atrás de seis países

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.