Tamanho do texto

Presidente do conselho de administração do Banco Nacional da Grécia, maior banco privado do país, não tem data ainda para tomar posse do cargo

EFE

Banqueiro Vassilios Rapanos foi escolhido como ministro das Finanças grego
Getty Images
Banqueiro Vassilios Rapanos foi escolhido como ministro das Finanças grego

O banqueiro Vassilios Rapanos, até então presidente do conselho de administração do Banco Nacional da Grécia, será nomeado o novo ministro das Finanças do Governo da Grécia, mas não deve tomar posse nesta quinta-feira, disse o próprio economista ao canal publico "NET".

LeiaGrécia deve dar continuidade às reformas, diz Banco Central Europeu

Em declarações "em off", Rapanos explicou que, antes de tomar posse, deverá esperar o retorno a Atenas do atual ministro das Finanças do Governo interino, Giorgos Zanias, que se reúne hoje em Bruxelas com representantes do Eurogrupo, e amanhã com o Ecofin (Ministros de Economia e Finanças da UE). Se o banqueiro assumisse o cargo nesta quinta, Zanias não poderia representar a Grécia nas reuniões.

Rapanos, economista, era até agora o presidente do conselho de administração do Banco Nacional da Grécia, maior banco privado do país e que recebeu grandes injeções de dinheiro público nos últimos anos.

TambémUE renegociará termos de resgate com Grécia, diz autoridade do bloco

Às 13h locais (7h de Brasília) está prevista uma reunião do novo primeiro-ministro e líder do partido conservador Nova Democracia, Antonis Samaras, com seus parceiros de coalizão, o líder do social-democrata Pasok, Evangelos Venizelos, e o líder da centro-esquerda Dimar, Fotis Kouvelis. Eles vão tentar fechar a lista de ministros que comporão o Governo. A expectativa é que o juramento dos ministros, com exceção de Rapanos, ocorra entre as 16h e 17h horas locais (10h-11h de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.